O panorama vírico através de janelas,
em retratos de contextos reais da vida em abril.

Memória Descritiva
“As Janelas de abril”
Em 2020, fomos obrigados a ver o quotidiano do mundo de outra forma – afastados, isolados e tudo o que isso implica.
Numa pandemia que nos intimida a respiração, é fácil associar esta ideia às janelas – de formas, tamanhos e vistas distintas. A dualidade que representam é encarada aqui pelas pessoas que as completam. Pessoas que se isolam, pessoas que são obrigadas a parar, pessoas que trabalham para sobreviver e pessoas que trabalham para que outros sobrevivam.
Quando a realidade se rege por números, estas são caras com nome. Caras que na transparência de uma janela refletem a liberdade.

29 abril 2020 – As Janelas de abril @ Braga


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

8 Replies to “as janelas de abril

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *